NOTÍCIAS

1 de outubro de 2018

Clarissa Lins lidera o debate sobre transição energética na Rio Oil & Gas 2018

A primeira apresentação da estratégia de transição energética da ExxonMobil no Brasil é realizada durante painel moderado pela sócia fundadora da Catavento

Em 27 setembro de 2018, Clarissa Lins moderou um rico painel no âmbito da Rio Oil & Gas Expo and Conference 2018, que contou com a participação de André Araujo (CEO, Shell Brasil), Anders Opedal (Vice Presidente, Equinor Brasil) e Carla Lacerda (CEO, ExxonMobil Brasil). 

Clarissa abriu a discussão ressaltando que, em resumo, o desafio da transição energética global se baseia em fornecer mais energia para uma população crescente, ao mesmo tempo em que se deve reduzir as emissões de gases de efeito estufa (GEE).

Entre os destaques do painel, Carla Lacerda elencou como a ExxonMobil trabalha no desenvolvimento de tecnologias de baixo carbono que sejam acessíveis e escaláveis. Foi a primeira apresentação da estratégia de transição energética da ExxonMobil no Brasil, que inclui também a mitigação de emissões nas operações, a oferta de opções aos consumidores e o engajamento nas discussões sobre politicas climáticas.

Em seu discurso, André Araujo ressaltou que o setor de O&G está hoje comprometido em liderar o diálogo sobre energia e clima, visto que reconhece que é parte do problema sobre mudanças climáticas, mas também pode ser parte da solução.  André reforçou, ainda, que a exploração do pré-sal brasileiro é essencial para o financiamento da transição energética brasileira.

Finalmente, Anders Opedal apresentou a estratégia da Equinor para a transição energética, com base em (i) eficiência e redução das emissões de carbono nas operações, (ii) investimentos em P&D e novas energias, tais como eólica offshore e (iii) o relevante papel do gás natural como um combustível de transição.