NOTÍCIAS

21 de novembro de 2017

Clarissa Lins torna-se senior fellow do CEBRI

Clarissa Lins é convidada pelo Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI) para montar núcleo de energia

Considerado um dos principais think tanks do Brasil de acordo com o ranking anual realizado pela Universidade da Pensilvânia, o CEBRI – Centro Brasileiro de Relações Internacionais convidou Clarissa para montar seu núcleo de energia, sob a liderança de Jorge Camargo, membro do Conselho Curador da entidade. O objetivo do núcleo é fomentar o debate no tocante às questões relacionadas ao tema de energia e óleo e gás que (i) tenham potencial de alavancar a inserção da indústria brasileira nas cadeias globais; (ii) estejam alinhadas com as tendências energéticas globais (inovações tecnológicas, regulação, geopolítica, gestão e etc.); e (iii) tenham potencial de influenciar a elaboração de políticas públicas na criação de um ambiente de investimentos competitivo e atrativo.

Neste contexto, o núcleo promove encontros realizados sob as regras de Chatham House (sem dar disclosure ao conteúdo das discussões), no intuito de estimular o diálogo entre diferentes atores e atingir um público formador de opinião. Clarissa Lins atua como idealizadora dos eventos e moderadora dos debates.O primeiro debate, realizado em agosto de 2017, contou com a presença de Carla Lacerda, presidente da ExxonMobil no Brasil, e de Jorge Camargo, membro do Conselho Curador do CEBRI e presidente do IBP – Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis. As discussões tiveram como foco o desafio de se fazer negócios de óleo e gás no Brasil, tendo em vista as mudanças em curso, bem como o ambiente global.

O segundo encontro, realizado em parceria com a Casa das Garças em setembro de 2017, teve como objetivo entender de maneira aprofundada as mudanças em curso no ambiente institucional/ regulatório do setor de óleo e gás brasileiro. Para tanto, foram convidados Jorge Camargo, presidente do IBP, e Décio Oddone, diretor geral da ANP – Agência Nacional de Petróleo.

O terceiro debate, realizado em novembro de 2017, debruçou-se sobre a aproximação entre os setores de energia elétrica e de óleo e gás, com ênfase no papel a ser desempenhado pelo gás natural. Os palestrantes foram os especialistas Elena Landau, economista, advogada e ex-presidente do Conselho de Administração da Eletrobrás, Adriano Pires, fundador e CEO do Centro Brasileiro de Infraestrutura, além de Rodrigo Costa Lima, gerente executivo de gás natural da Petrobras.