PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO

CLARISSA LINS / LAVINIA HOLANDA / RAONI MORAIS / MANUELLA LION

setembro de 2015

Contribuições para o Planejamento Energético 2050

FGV Energia e Catavento

Esse documento foi fruto do debate promovido pela FGV Energia e a Catavento, em 11 de junho de 2015, sobre o Plano Nacional de Energia 2050. Seu objetivo foi criar um fórum de debate entre a EPE, responsável por sua elaboração, e representantes dos diversos setores e instituições ligados à energia, de forma a agregar ideias e sugestões ao Plano.

O texto disponível abaixo procura retratar, inicialmente, as premissas adotadas pela EPE, órgão responsável pelo planejamento energético do Brasil. Em seguida, apresentam-se de forma consolidada os principais pontos abordados no debate, com foco nas premissas de crescimento econômico – que são essenciais para determinar a demanda por energia e a consequente oferta –, de desempenho industrial e de eficiência energética. Por fim, discutem-se as limitações do método e a ausência de alguns fatores que poderiam e/ou deveriam constar do planejamento de longo prazo.

FAÇA O DOWNLOAD

Nome

Email

Organização

Publicações Recentes da Catavento

  • A boa governança para a transição energética

    Em setembro de 2017, a Fundação Konrad Adenauer promoveu, em parceria com a Universidade Austral d... [ Leia Mais ]

  • Mudanças climáticas e segurança energética – Contexto Mercosul

    A Fundação Konrad Adenauer (KAS), no âmbito do Programa Regional Segurança Energética e Mudanç... [ Leia Mais ]

  • Como medir o sucesso das rodadas 2 e 3 do pré-sal

    Clarissa Lins analisou os resultados das rodadas 2 e 3 do pré-sal em artigo publicado no site O Glo... [ Leia Mais ]