PROJETOS

Vale

Setor / Mineração
Produtos desenvolvidos
  • Inspirar
    • Análise de benchmark
    • Análise de tendências
    • Visão Estratégica
  • Engajar
    • Aproximação de stakeholders
  • Direcionar
    • Modelo de governança
Setor / Mineração
Produtos desenvolvidos
  • Inspirar
    • Análise de benchmark
    • Análise de tendências
    • Visão Estratégica
  • Engajar
    • Aproximação de stakeholders
  • Direcionar
    • Modelo de governança
O projeto

Vigilante de seu dever de reparação após a tragédia de Brumadinho, a Vale se propôs a repensar a forma como cria e compartilha valor com seus stakeholders, à luz das novas demandas de uma sociedade em transformação. Nesse contexto, contratou a Catavento Consultoria em agosto de 2019 para formular a estratégia de mineração neutra em carbono da empresa.

A primeira etapa do projeto envolveu o engajamento interno de mais de 40 executivos da empresa, entre membros do Conselho de Administração, Diretoria Executiva, diretores e gestores de áreas afins. As entrevistas e reuniões tiveram como objetivo mapear as iniciativas existentes, expectativas, desafios e oportunidades no contexto da descarbonização da mineração.

O contexto externo foi incorporado por meio de entrevistas com cerca de 25 especialistas internacionais e locais em mineração e mudanças climáticas, além de investidores. Ainda, uma análise de tendências com base em mais de 100 documentos visou mapear tendências globais que impactam o setor de mineração, o desafio da descarbonização da cadeia siderúrgica, desafios e oportunidades para mineradoras. Por fim, uma análise de benchmark de 5 mineradoras com foco na atuação em baixo carbono foi elaborada de modo a entender compromissos existentes, focos de atuação e ferramentas utilizadas.

Após a compilação das informações coletadas interna e externamente, a Catavento propôs diretrizes estratégicas para mineração neutra em carbono, que visam reposicionar a Vale como líder no tema, incluindo compromissos ambiciosos como a neutralidade em carbono para escopos 1 e 2 em 2050, a adoção de meta alinhada ao Acordo de Paris para 2030, o uso de eletricidade 100% renovável até 2030 e a proteção e reflorestamento de 500 mil hectares até 2030. Os compromissos anunciados no Vale Day, encontro anual da empresa com investidores em Nova York e Londres, podem ser acessados aqui. A partir das diretrizes estratégicas em mineração neutra em carbono, a Catavento propôs a atualização da Política Global de Mudanças Climáticas da Vale.

No âmbito do reposicionamento da empresa, a Catavento também propôs um novo modelo de governança para a mineração neutra em carbono, incluindo a sugestão de responsabilidades e fluxo de tomada de decisão envolvendo diversas áreas da empresa. Ainda, foi conduzido um diagnóstico sobre a aderência da Vale às recomendações da Task Force on Climate-related Financial Disclosures (TCFD), que englobou uma análise das melhores práticas no reporte de riscos e oportunidades climáticos, além do entendimento de como peers o estão adotando.

Projetos anteriores

A parceria entre a Vale e a equipe da Catavento, quando esta estava à frente da área de sustentabilidade corporativa da FBDS, iniciou-se em 2008 com a primeira avaliação de relato da companhia, o Relatório de Sustentabilidade 2007. O trabalho teve por base possíveis expectativas de stakeholders externos, levando em conta as diretrizes da GRI G3, notadamente os seus quesitos qualitativos.

Já em 2011, a consultoria realizou inúmeros projetos junto à companhia, dentre os quais a assessoria no atendimento aos requisitos do Índice de Sustentabilidade Empresarial – ISE e desenvolvimento de um mapa de indicadores, uma ferramenta de apoio que permitiu a consolidação dos diferentes indicadores freqüentemente respondidos pela Vale.

A Vale solicitou também uma avaliação de como as demandas do mercado financeiro, por meio de diversos questionários, ajudam a identificar a geração e proteção de valor a partir de práticas estruturadas de sustentabilidade dentro da companhia. O resultado foi a apresentação de boas práticas de mercado, contemplando a visão do mercado de Investimento Responsável com relação à Vale e recomendações de aprimoramento.

Adicionalmente, a equipe da Catavento estruturou um engajamento de stakeholders com especialistas externos para auxiliar na definição da estratégia de biodiversidade da Vale, desdobrando-se inclusive em metas para os gestores da área.

Foram desenvolvidos, ainda, trabalhos no sentido de apoiar a Vale na mobilização e aprimoramento de normas, processos e ferramentas de sustentabilidade, de acordo com plano de ação traçado. Fruto disso foi a melhoria da gestão para sustentabilidade da empresa, com execução efetiva das questões de curto prazo do plano de ação. No mesmo período, a consultoria prestou apoio no aprimoramento de sua estratégia de relato da sustentabilidade, com identificação de melhores práticas e possível aplicação para a Vale, induzindo melhoria do processo de relato, com envolvimento da alta administração, contendo posicionamentos sobre temas chave.

Ao longo de 2012, o foco da consultoria foi a revisão do processo de definição das questões mais relevantes para a gestão da companhia (questões materiais). O objetivo de melhorar a gestão para sustentabilidade da empresa, com envolvimento de atores internos e externos, foi alcançado com sucesso. A equipe da Catavento idealizou e facilitou um painel de especialistas que contribuiu para reforçar o posicionamento da companhia em temas-chave da sustentabilidade.

Em 2013, a consultoria auxiliou a companhia no processo de resposta ao questionário ISE da BM&FBovespa 2013, e o resultado foi a permanência da Vale na carteira do ISE 2013.

Sobre o cliente

A Vale é uma das maiores mineradoras do mundo, trabalhando com paixão para transformar recursos naturais em prosperidade e desenvolvimento sustentável. A empresa é líder global em minério de ferro, pelotas de minério de ferro e níquel. Atua em 27 países de cinco continentes produzindo manganês, ferro- ligas, cobre, metais do grupo platina (MGP), ouro, prata, cobalto, carvões metalúrgico e térmico.

Fonte: website e Relatório de Sustentabilidade Vale

Contato

Endereço

Rua General Garzon, nº22 / 302 – Jardim Botânico 22470-010 – Rio de Janeiro, Brasil

Telefone

+55 21 3495-1574