A Catavento | Quem Somos?


Clarissa Lins
Sócia-fundadora da Catavento Consultoria. Na área de estratégia e sustentabilidade corporativa, lidera trabalhos de consultoria em empresas de grande porte, com foco em mapeamento de tendências,  desenvolvimento de visão estratégica e articulação com formadores de opinião. Atualmente é Presidente do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis – IBP (novembro 2019), onde também ocupou posição de Diretora Executiva  (2016-2019).  Membro do Comitê de Sustentabilidade da Suzano (agosto/2019). Membro do Global Future Council on Advanced Energy Technologies do World Economic Forum (set/2018). Senior fellow do CEBRI e responsável por estruturar o Núcleo de Energia (julho/2017). Foi membro do Conselho de Administração da Petrobras (maio/2018 a dezembro/2019), onde foi presidente do Comitê de SMS, membro do Comitê de Auditoria e membro do Comitê de Estratégia. Clarissa também foi membro do Comitê de Sustentabilidade do Conselho de Administração da Vale (maio/2017 a maio/2019). Integrou e foi Chair do External Review Committee da Royal Dutch Shell (outubro/2012 a junho/2015). É membro do Conselho Internacional da SustainAbility desde dezembro/ 2010. Estruturou parcerias internacionais (IMD – 2005 a 2007, SustainAbility – 2008, 2010, 2014) para realização de pesquisa aplicada sobre temas relevantes da sustentabilidade corporativa. É coautora do livro “Sustentabilidade e Geração de Valor: uma Transição para o Século XXI” (2011) e de diversos artigos e publicações sobre o tema. Foi diretora executiva da Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável – FBDS de abril/2004 a julho/2013, tendo criado e liderado a área de Sustentabilidade Corporativa. Trabalhou no setor público por diversos anos, no Ministério da Fazenda durante a elaboração do Plano Real (1993-94), no BNDES como assessora especial da Presidência (1995-99) e na Petrobras, como assessora especial da Presidência e gerente executiva de Estratégia Corporativa (1999-2002). Economista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ, 1988), com mestrado em economia pela mesma universidade (1990).
Bruna Mascotte
Sócia da Catavento Consultoria, desde maio/2015. Sua área de atuação tem como foco o mapeamento de macro tendências globais e seus respectivos riscos e oportunidades para a estratégia corporativa, com ênfase em transição energética, mudanças climáticas, O&G, mobilidade e comportamento do consumidor. Nesse contexto envolveu-se em projetos na Shell, QGEP, Constellation, Abegás, CEBRI, UK Embassy e Coca-Cola Brasil. Além disso, desenvolve levantamento de tendências, análises de benchmark e recomendações estratégicas em sustentabilidade corporativa, governança, prestação de contas e transparência. Nesse contexto participou de projetos na Nestlé, Instituto Coca-Cola Brasil, Michelin e Sicredi. Bruna é co-autora do policy paper “O setor energético em 2022″ (Ago 2018), “Transição energética e desafios relacionados ao clima” (Abr 2018), “O futuro da energia e o papel do planejamento energético” (Mar 2018), “Relações econômicas entre Alemanha e Brasil: a geopolítica da energia” (Set 2018). Estagiária da Catavento Consultoria (setembro/2014 a abril/2015). Trabalhou na Divisão de Coordenação e Análise Financeira da Eletrobrás Furnas como estagiária  (agosto a dezembro/2013). Mestranda em Macroeconomia e Finanças pela PUC-Rio (Departamento de Economia) (fevereiro/2018-dezembro/2019). Administradora formada pelo Ibmec-RJ (2015), tendo cursado 6 meses na Université Pierre-Mendès France (Université de Grenoble II), em Grenoble, na França
Guilherme Ferreira
Sócio da Catavento Consultoria, desde janeiro/2018, anteriormente estagiário de julho/2016 a dezembro/2017. Sua área de atuação tem como foco o mapeamento e identificação de tendências e melhores práticas setoriais, com ênfase nos desafios do setor de O&G, mudanças climáticas, mobilidade urbana e transição energética. Nesse contexto envolveu-se em projetos na QGOG Constellation, Ipiranga, CEBRI Energia, QGEP, Instituto Coca-Cola e em pesquisa sobre as perspectivas de inserção de veículos elétricos. Guilherme é co-autor dos estudos “Infraestrutura logística na região sudeste” (Mai 2019), “O futuro da energia e o papel do planejamento energético” (Mar 2018), “Revolução elétrica: um cenário possível para o Brasil?” (Jun 2018), “Mobilidade elétrica: perspectivas e desafios” (Jun 2018), “O setor energético em 2022” (Ago 2018), “Novas tecnologias e digitalização do setor energético” (Ago 2018), “A nova governança das agências reguladoras” (April 2018). Participou como pesquisador de iniciação científica no projeto “Avaliação de Desempenho em Operações Humanitárias” no laboratório HANDs da PUC-Rio de julho /2014 a junho/2015. Pós-graduando em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral. Engenheiro de Produção formado pela PUC-Rio (2018), tendo cursado 10 meses na Mercer University,  em Atlanta,  nos  Estados Unidos.
Rafael Patrocínio
Sócio da Catavento Consultoria, desde janeiro/2018, anteriormente estagiário de junho/2017 a dezembro/2017. Sua área de atuação tem como foco a análise de tendências e perspectivas setoriais com ênfase em desafios do setor de infraestrutura, transição energética, impacto das mudanças climáticas e políticas energéticas nacionais. Nesse contexto envolveu-se em projetos na Prumo, Ouro Preto Óleo e Gás, Shell, Ipiranga, Abegás e CEBRI Infraestrutura. Rafael é co-autor do policy paper “O setor de infraestrutura em 2022″ (Ago 2018). Atuou como estagiário na área de equipamentos mecânicos para projetos de infraestrutura na empresa Promon Engenharia de janeiro/2016 a fevereiro/2017. Estagiou na área de manutenção de equipamentos pesados na empresa BSM Engenharia de março/2014 a dezembro/2015 . Mestrando em Finanças Corporativas pelo COPPEAD (agosto/2017 a outubro/2019). Engenheiro mecânico formado pela PUC-Rio (2017).
Victoria Prado
Estagiária da Catavento Consultoria, desde novembro 2019. Sua área de atuação tem como foco a elaboração de relatórios e o mapeamento de tendências e perspectivas setoriais, com ênfase em mudanças climáticas, transição energética e no setor de infraestrutura. Nesse contexto envolveu-se em projetos na Prumo. Embaixadora estudantil pela Fundação Getulio Vargas para a conferência anual da ONU, Principles of Responsible Management, para discutir os temas de ética e sustentabilidade em instituições de ensino superior (agosto/2017 a setembro/2019). Participou como pesquisadora de iniciação científica em artigo no tema do papel da mulher no movimento agroecológico brasileiro, pela Fundação Getulio Vargas  (julho /2016 – junho/2017). De janeiro de 2018 a julho de 2019, participou de um programa de graduação global pela Fundação Getulio Vargas, em que passou 6 meses em cada uma das seguintes instituições: Universität Mannheim (Alemanha, 2018.1), University of South Carolina (EUA, 2018.2)  e ESSEC Asia-Pacific (Singapura, 2019.1). Em seu período no exterior, Victoria teve a oportunidade de trabalhar com a Ernst & Young (Alemanha), com a empresa de blockchain do Vale do Silício, Irrevocabl, (EUA) e na MisterChrono (Singapura), empresa de relógios com lojas em Paris, Singapura e Hong Kong. Graduanda em Administração Pública e de Empresas pela Fundação Getulio Vargas (fevereiro/2016 a junho/2020).